FAIL (the browser should render some flash content, not this).

Feridas em pacientes com Diabete Melito

Existem no mundo cerca de 125 milhões de diabéticos e no Brasil as últimas pesquisas apontam para 10,5 milhões de pessoas.
A diabetes pode cursar com uma série de complicações, dentre elas: problemas cardíacos, problemas na retina  doenças renais, dentre outras. Porém , úlceras nas pernas e/ou pés de pacientes diabéticos consiste numa situação frequente e necessita de tratameto especializado.
As feridas em nos membros inferiores de pacientes portadores de diabete melito são frequentes devido a uma série de alterações anatomopatológicas e neurológicas periféricas que ocorrem nos pés de pessoas acometidas. Essas alterações constituem-se de neuropatia diabética, problemas circulatórios, infecção e menor circulação sanguínea no local. Essas lesões geralmente apresentam contaminação por bactérias, e como o diabetes provoca uma retardação na cicatrização, ocorre o risco do pé ser amputado. O pé diabético ocorre pela ação destrutiva do excesso de glicose no glicose. A nível vascular, causa endurecimento das paredes dos vasos, além de sua oclusão, o que faz a circulação diminuir, provocando redução da circulação e necrose.
Outro fator que contribui para o aparecimento de feridas  é a presença da artropatia de Charcot, que consiste no aparecimento de uma deformidade no pé decorrente principalmente as alterações nervosas que ocorrem.


Tratamento do Diabete Melito


diabetes
Controle do açúcar; Uma alimentação adequada é primordial na prevenção do diabetes. Além da redução do açúcar , é importante uma dieta com baixa caloria, pois um peso adequado ajuda no controle da glicemia.

 

 

atividade física

Atividade física: Os exercícios físicos melhoram a circulação e aumentam a queima de açúcar no sangue. Antes de iniciar sua programação de exercícios é fundametal uma avaliação médica.

 

 

 

 

 

medicamentos

 

Uso de Medicações: O tratamento medicamentoso do Diabete Melito é feito através de hipoglicimiantes orais e o uso de insulina.O tipo de medicação e a dose deve ser individualizada.

 

 

Tratamento da Ferida

O melhor tratamento sem dúvida é a prevenção . Porém, uma vez a ferida instalada o tratamento consiste em desbridamento (remoção) dos tecidos necróticos , preparo da ferida através de curativos especiais ou uso da terapia a vácuo e fechamento da ferida do pé diabético através da cirurgia , com enxerto ou retalhos.

Copyright 2010 © Curamed
All rights reserved.  Privacy Policy

Avenida Pacaembu, 1882
São Paulo - SP
Tel:11-4111-3337

 

home | úlcera varicosa | escaras |pé diabético |queimaduras | abertura de pontos | curativos |
ferida traumática |quem somos | equipe | contato | tipos de feridas | curativo a vácuo